Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Mindfulness em fisioterapia - 13/06/2019

silvia-mindfulness_CROP.jpg

Mindfulness ou atenção plena é definida por Jon Kabat-Zinn como "Consciência que surge de prestar atenção, de forma intencional, a experiência tal como ela é no momento presente, sem julgar, sem avaliar ou reagir a ela" (Kabat-Zinn, 1990).

Este conceito vem do budismo e este cientista, o define de uma maneira ocidental e cria uma Clínica de Redução do Estresse da Universidade de Massachusetts, começando a fazer investigação. Os primeiros doentes que aplica o seu protocolo de Redução do Estresse baseado na Atenção Plena (MBSR, em inglês), são pacientes de dor crônica e psoríase, observando-se melhoras nos sintomas. Desde então, a literatura científica sobre Mindfulness tem aumentado exponencialmente.

Há vários exercícios neste protocolo para trabalhar a consciência plena: "body-scan", o exercício da uva passa, meditação sentado, meditação andando, yoga, etc., Também se pode trabalhar com o Tai chi e Chi Kung, reconhecidos pela literatura científica, como movimentos conscientes ou meditação.

Os principais benefícios de se trabalhar com a atenção plena são: reducação de estresse e ansiedade, melhora do sistema imunológico e melhora a empatia e a capacidade de gerar emoções positivas.

Isso nos permite fazer uma melhor abordagem bio-psico-social, com os nossos pacientes, ajudando-os a estar mais tranquilos em sua vida cotidiana e para diminuir a inflamação de baixa intensidade causada por um elevado nível de estresse crônico. Por outro lado, se o incorporamos à nossa vida cotidiana nos permitirá melhorar a nossa saúde física e mental, e consequentemente prevenir futuros problemas de "síndrome de burnout".

Devido ao grande número de pacientes com patologias crônicas e com um maior componente bio-psico-social que nos encontramos em consulta, são necessárias ferramentas complementares para uma abordagem mais holística. A atenção plena pode ser um complemento com uma abundante literatura científica para incorporar em nosso tratamento.

 

Sílvia Rodrigues