Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Como contribui para a fisioterapia no tratamento e prevenção do diabetes - 14/11/2019

fisioterapia-diabetes-prevencion.jpg

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a diabetes como "uma doença crónica que aparece quando o pâncreas não produz insulina suficiente ou quando o organismo não utiliza eficazmente a insulina que produz".

Devido ao preocupante aumento da população que sofre com esta doença, a OMS juntamente com a Federação Internacional de Diabetes (FID) estabeleceu o dia 14 de novembro como o Dia Mundial do Diabetes. Uma data para refletir sobre essa tendência e tomar medidas para impedi-lo.

Tipos de diabetes

Essencialmente, existem dois tipos de diabetes, tipo 1 e 2, mas também podem surgir outro tipo de diabetes relacionadas com determinadas doenças ou estados de saúde, como a diabetes relacionada com a fibrose cística, diabetes secundária a medicamentos ou a diabetes gestacional.

A diabetes tipo 1 se caracteriza porque o organismo é incapaz de produzir insulina ou produz muito pouca, por isso, se tem que administrar uma dose regular de insulina. Desconhece-Se a sua origem e, atualmente, não se pode evitar.

Em contrapartida, a diabetes de tipo 2 ocorre quando o corpo não produz insulina suficiente ou quando se torna resistente à insulina. Em muitos casos, os sintomas da diabetes tipo 2 estão associados ao excesso de peso, pelo que se pode chegar a prevenir através da prática de hábitos saudáveis.

Fisioterapia e diabetes

A fisioterapia pode ter um papel muito importante na prevenção e tratamento da diabetes. A atividade física moderada é uma das melhores formas para evitar ou retardar o aparecimento desta doença, sobretudo nos casos de tipo 2, neste caso, os fisioterapeutas podem acompanhar o paciente com um programa de exercícios terapêuticos personalizado.

Por outro lado, as pessoas que sofrem de diabetes encontram-se outras complicações a longo de sua vida por causa dessa doença, como por exemplo a síndrome do túnel do carpo, osteoartrite, neuropatias, o pé diabético e dor nas costas ou articulações. Estas patologias podem ser paliadas e tratadas com técnicas fisioterapéuticas que melhoram significativamente a vida do paciente.

Antes de recorrer a um especialista é importante lembrar que a aquisição de hábitos saudáveis, como praticar exercício físico diariamente, manter uma dieta equilibrada e evitar o consumo de açúcares, ultraprocesados e tabaco, são a melhor prevenção para cuidar de nossa saúde.