Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Como deve proceder o fisioterapeuta na atenção ao entorse convencional de tornozelo? - 21/09/2017

rafel-tobillo-CROP.jpg

O entorse de tornozelo é a lesão musculoesquelética mais comum nos países desenvolvidos. Considera-Se que em média uma pessoa tem um par de entorses, no mínimo, um pé ao longo de sua vida.

 

Um entorse de tornozelo pode representar não apenas uma distensão do Ligamento colateral externo, mas também a uma lesão da sindesmosis tibioperonea assim como o acometimento de outras estruturas, como o osso ou dos nervos peroneos superficial e profundo.

 

As conseqüências, então o investimento forçada que tem gerado como mecanismo lesional o entorse, deve ser avaliada de forma profissional para escolher o melhor curativo de contenção possível de acordo com o caso, bem como os passos a seguir, a partir da derivação em caso de lesão óssea, para a seleção da terapia manual e exercícios terapêuticos específicos, bem como o bandage mais ou menos rígido e complexo, em função da quantidade de estruturas articulares danificadas.

 

A prevenção de recidiva é também um papel-chave do fisioterapeuta perante o entorse para evitar a passagem à instabilidade crônica do tornozelo.

 

Rafael Donat Rocha