Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

A importância do diagnóstico em fisioterapia - 25/05/2017

diagnostico-fisioterapia_CROP.jpg

Quando um paciente vai a um fisioterapeuta para ser atendido e, para que este possa ajudá-lo a melhorar a sua dor e/ou a reabilitação da área afetada deve compreender que, antes de começar o tratamento, é muito importante que o profissional faça uma boa avaliação e diagnóstico em fisioterapia, para que o tratamento seja muito melhor.

 

Por que é necessária a avaliação?

Através da avaliação e do diagnóstico o fisioterapeuta pode definir alguns objetivos de tratamento específicos e atingíveis e o mais benéficos para o paciente.

Durante o processo de avaliação, é possível realizar vários testes, todos com a finalidade que o fisioterapeuta , a recolha de dados sobre o paciente e a sua dor. Após o exame físico do paciente e a avaliação de seus movimentos se podem encontrar possíveis soluções a seguir para que você possa voltar para o seu dia-a-dia.

 

E o diagnóstico fisioterapêutico?

Além da classificação, também é muito importante o diagnóstico fisioterápico, um dos principais pilares para um bom trabalho funcional. O diagnóstico, junto a reavaliações periódicas realizadas na clínica, permitirá obter o melhor tratamento e uma recuperação ideal para cada caso.

Somando toda a informação que será possível ouvir e que haverá explicado e entregue ao paciente, além de coletadas da própria mão com a avaliação e exploração da área afetada, poderá desenvolver um bom tratamento para o paciente. Durante esta etapa também é importante considerar a sensibilidade, especificidade e valor preditivo dos testes, além das características individuais de cada pessoa.

Para poder obter um bom diagnóstico é importante formar-se neste domínio, assim como também a experiência e os anos tratando pacientes, assistir a palestras relacionadas a esta parte tão importante da fisioterapia e até mesmo ler sobre isso. Tudo vai nos ajudar a ser melhores profissionais e a ter alguns objetivos claros de nosso tratamento, além de nos mostrar as orientações a seguir para atingir os objetivos terapêuticos marcados.