Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Patologia do sistema nervoso em luxação glenohumeral - 26/04/2019

carles-luxacion-glenohumeral_CROP.jpg

As luxações têm uma incidência de 2% na população, destas, mas, 45% são luxações anteriores da cabeça do úmero.

Devido à luxação anterior glenohumeral podemos ter várias complicações, como podem ser:

  • Lesão de Bankart: ocorre uma lesão na região antero-inferior do impulsor glenoidal, devido ao impacto da cabeça do úmero sobre ele no momento da luxação.
  • Lesão de Hill-Sachs: Também considerada como fratura de Hill-Sachs já que ocorre uma impactación da face postero-lateral da cabeça do úmero no lábio glenoidal
  • Lesão de SLAP: Lesão da parte superior do labrum, na zona de inserção do tendão da porção longa do bíceps braquial (tubérculo supraglenoideo) de Acordo com Snyder existem 4 tipos diferentes de lesão em função da área afetada.
  • Lesão nervosa: A afectação do nervo Axilar, radial ou do plexo braquial

A lesão nervosa ao nível das luxações glenohumerales se deve ter muito em conta pois pode afetar entre 20% a 55% das luxações. De fato, o profissional que provavelmente detectar de forma inicial esta afetação será o fisioterapeuta já que a afectação efectuados com atrofia da musculatura inervada pelo nervo axilar (deltóides e redondo menor), bem como uma alteração sensível da região do corpo.

A lesão ocorre por um sobreestiramiento da estrutura nervosa que envolve o pescoço do úmero.

Para a detecção da disfunção nervosa se deve fazer toda a exploração nervosa que conhecemos:

  • Sensibilidade
  • Vibração
  • Térmica
  • Motora
  • Dor
  • Mecanosensibilidad

Durante o período de reabilitação, o fato de ter lesão nervosa, será uma agravante que condicionará o tempo de recuperação da luxação.

Para o restabelecimento da função nervosa aconselha-se o trabalho ativo e a neurodinámica.

 

Bibliografia:

  • Safran MR. Nerveinjuryabouttheshoulder in athletes, part 1: suprascapularnerve and axillarynerve. Am J SportsMed. 2004 Jan-Jun;32(3):803-19.
  • Avis D, Power D. Axillarynerveinjuryassociatedwith glenohumeraldislocation: A review and algorithmformanagement. EFORT Open Rev. 2018 Mar26;3(3):70-77.

 

Carles Munné Rodríguez