Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Como Podemos evitar as lesões durante a prática de esporte? - 15/06/2017

prevenir-lesiones-deporte2_CROP.jpg

São muitas as pessoas que praticam algum esporte de forma regular, e não apenas nos referimos aos atletas de alto rendimento, mas também aqueles que, por exemplo, saem a correr cerca de 10 quilómetros duas ou três vezes por semana. Grande parte deles o fazem sem a supervisão de um fisioterapeuta especialista em fisioterapia esportiva e não sabem as consequências que isto pode gerar.

O esporte tem muitos benefícios para o corpo, para prevenir patologias muito variadas, como a obesidade, a diabetes ou a hipertensão, além de proteger o nosso sistema locomotor e reduz o estresse e a insônia e ajuda a aumentar a auto-estima. Ainda, da prática de esporte também tem seu lado negativo: as lesões. As lesões podem provocar, em menor ou maior grau que o atleta deve evitar algum tipo de exercício, durante um determinado período de tempo.

Por isso, é importante realizar um bom programa preventivo durante o processo de treinamento. Devemos nos antecipar a lesão e se aparecer, ajudar a voltar à atividade esportiva, o mais rápido possível.

 

Tipos de causas de lesões

diferentes fatores que podem provocar ou aumentar a possibilidade de sofrer uma lesão. Podemos dividir estes fatores em três grupos: os predisponentes, os extrínsecos e os precipitantes.

Os fatores predisponentes são os físicos próprios do atleta, como uma má preparação, falta de alongamento e aquecimento, o cansaço ou má nutrição.

Os fatores extrínsecos são externos ao atleta, como o material utilizado para a prática do desporto, ou pelas próprias características deste.

Os fatores precipitantes podem ser ou traumatismos, maus gestos realizados ou esforço antes, durante ou depois do exercício.

 

Tipos de lesões

Quanto aos tipos de lesões, podem ser classificados em três grandes grupos: as lesões musculares, as lesões articulares e as lesões do tendão.

As lesões musculares são as mais comuns entre os atletas, na maioria das vezes, o atleta terá passado previamente por alterações musculares , como dores musculares, rampas ou cãibras, contusões ou sobrecargas.

Encontramos três lesões musculares, de mais a menos leve: a distensão ou alongamento muscular, a ruptura fibrilar e a ruptura total.

Outro tipo de lesão são as lesões articulares, que podem ser englobadas em dois grandes grupos as capsulitis ou artrite, inflamações e a articulação ou a cápsula que as envolve, e as luxações, perda de contato entre dois ossos da mesma articulação.

O último tipo de lesão que encontramos são as lesões do tendão que podem ser ou tendinopatias ou rupturas. Estas últimas pouco frequentes, uma vez que afeta todas as fibras de um tendão.

Todos os atletas devem ter bem presente a importância da prevenção de lesões, assim como uma boa reabilitação se têm sofrido uma. É bom que se dirigir a um fisioterapeuta esportivo, já que não só trata lesões, mas também desempenha um papel importante no trabalho preventivo e de reabilitação.
 

Se você gostaria de poder ajudar a todas as pessoas que pratica esporte a prevenir as lesões e a tratá-las no processo de recuperação, readaptação e reentrenamiento, você pode se tornar um especialista em fisioterapia esportiva com o nosso pós-graduação, escolha de entre Barcelona ou Alicante.