Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Punção seca: o que é e quando usar - 29/06/2017

dry-needling2_CROP.jpg

Cursos relacionados

Punción seca y tratamiento conservador del síndrome del dolor miofascial (puntos gatillo miofasciales)
Salamanca, Barcelona, Las Palmas, Oviedo, Bilbao, Logroño, Alicante, Tenerife y Madrid.
Info

A punção seca, juntamente com a acupuntura e a eletrólise, é uma técnica de fisioterapia invasiva.

A técnica de punção seca consiste na introdução de uma agulha de acupuntura, sem a introdução de qualquer substância, sobre o ponto gatilho miofascial, provocando assim a desativação do ponto gatilho. Seu objetivo é provocar um efeito mecânico na zona onde se encontra o ponto gatilho para obter inativar o ponto gatilho e assim eliminar a dor. O fato de que não se introduza nenhum líquido faz com que seja uma técnica sem efeitos colaterais, de todas as formas, é uma técnica dolorosa no momento em que você clica o ponto gatilho, a dor neste momento dura poucos segundos, mas podem perdurar por alguns dias após a sessão de punção seca.

A utilização de agulhas como agente para realizar um tratamento, como é o da punção seca é da competência dos fisioterapeutas, que para poder levá-lo a cabo devem ser formadas de forma teórica e prática, através de cursos e pós-graduações de punção seca.

O que são os pontos gatilho miofasciales?

Os pontos gatilho miofasciales são as placas motoras de inervação muscular que foram submetidos a uma sobrecarga. Às vezes, também são nomeadas como áreas de hiperatividade neurológica pois mantém o músculo em contração.

Para localizá-los no corpo de paciente se deve pressionar de forma moderada sobre o ponto que provocará um aumento da dor. Os locais mais frequentes onde podemos encontrá-los são nos músculos da cabeça, pescoço, ombros, braços, costas e pernas.

Você tem contra-indicações?

A técnica de fisioterapia invasiva da punção seca tem poucas contra-indicações. Há dois absolutos, os pacientes que padeçam não se poderá praticar esta técnica, como são as pessoas com fobia às agulhas, ou belonefobia, ou com distúrbios da coagulação. Também encontraremos contra-indicações com pessoas alérgicas ao níquel (embora haja agulhas e outros materiais), em grávidas com o caso da punção profunda e em peles feridas ou cicatrizes, bem como doenças dérmicas.

O fisioterapeuta deve saber que é uma técnica muito útil por seus resultados, mas que não deve ser feito de forma isolada, precisa ser praticada juntamente com outras técnicas e educar o paciente para mudar os hábitos que lhe provoquem o aparecimento de pontos gatilho.



Cursos relacionados

Punción seca y tratamiento conservador del síndrome del dolor miofascial (puntos gatillo miofasciales)
Salamanca, Barcelona, Las Palmas, Oviedo, Bilbao, Logroño, Alicante, Tenerife y Madrid.
Info