Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

''Runners for Ethiopia'', um projecto de colaboração na Etiópia - 28/11/2017

runners-for-ethiopia.jpg

Os partilhamos a entrevista que lhe fizemos ao fisioterapeuta Jordi Reig, um dos criadores do projeto Surf for Ethiopia.

 

Como e quando surgiu a idéia de Runners for Ethiopia?

Runners for Ethiopia é um projeto que nasceu no ano de 2013, com a colaboração de Endoethiopia (empresa de viagens fundada por Toni Espadas) e eu, entramos a fazer parte do projeto realizado pela equipe de Desafio Extremo, acompanhando Jesus Calleja, para correr a Maratona de Awasa na Etiópia.
 

 runners for ethiopia jesus calleja

Após o desafio, e, vendo as condições que me encontrei nas instalações, as terríveis deficiências no material e tratamento com as que tinham que treinar os atletas etíopes, me surge a motivação para poder ajudar e colaborar com a melhoria dessas condições.

zapatilla runners for ethiopia

Em 2014, realizei uma primeira viagem com dois amigos, Anjos, Santos e Raul Silva, fisioterapeuta e preparador físico, respectivamente. Na viagem aproveitamos para tratar e formar, na medida do possível, aos atletas e aplicar locais. Além disso transportamos material solidário como bagagem.

Esta ação foi uma viagem piloto do que pode vir a se tornar a colaboração: aplicar, preparadores físicos e runners, colaborando no país africano 'Etiópia'.

Transportar o material solidário como bagagem pessoal é a única forma de entrar no país o material. Foi proposta, pessoalmente, e na mão dos jovens atletas sem recursos é garantir que tudo chega em perfeitas condições.

equipo runners for ethiopia

 

Quantos anos rodam com este projeto?

Começamos no ano de 2015 e em 2016 e 2017 temos seguido organizando de forma aberta ao público, sob o nome de "Runners for Ethiopia". Uma viagem a preço de custo, em que participam cerca de 50 pessoas por ano entre aplicar e runners.

Tudo isso faz com que possamos transportar quase uma tonelada de material solidário repartida entre material de fisioterapia e material têxtil, bem como ao redor de 400 pares de sapatos.

Fazer coincidir a data da viagem, com a maratona de Etiópia em Awasa ajuda a somar ao estadia em corredores e, com a sua passagem, poder transportar 23 kg de material solidário.

ayuda runners for ethiopia

 

Qual é o grande objetivo deste ano?

Este ano, o objetivo é que todas as sapatilhas que são coletados sejam novas para poder doar um material de qualidade e em perfectísimas condições.

Além disso, será realizada uma chamada para todas as clínicas de fisioterapia de Portugal para que doem os aparelhos de eletroterapia que já não usam e que, na Etiópia, podem ser de grande utilidade.

Temos feito uma lista de material solidário necessário, em 2018, para que todo aquele que quiser colaborar pode fazer da forma que desejar, fornecendo material ou colaborando diretamente no crowdfunding aberto para esta causa com o que poderemos adquirir esse material posteriormente.

 

Quantos profissionais formáis da entidade?

Atualmente somos 4 membros ativos durante todo o ano. A partir de Barcelona, Rafa e Toni se encarregam de logística da viagem e as inscrições dos viajantes. Enquanto Mauri e eu, em Maceió, nos encarregamos de entrar em contato com os colaboradores, recolher e classificar o material solidário e dar visibilidade ao projeto na internet e manter atualizada a página web. Além disso, o projeto participa mais pessoas como Alex Aparicio que, além de viajar de Valência, nos ajuda na organização dos corredores uma vez na Etiópia.

 

Qual é o feedback dos etíopes?

As caras de satisfação ao receber o material solidário nos deixa perplexos a todos e aos que viajamos, ano após ano. Além disso, os atletas que são tratados de vê-lo como um milagre. Há que se pensar que uma fascite plantar ou um simples entorse pode acabar com a carreira de um jovem atleta na Etiópia.

etiopes

 

Qual é o feedback das pessoas que já colaboraram com Runners for Ethiopia?

O feedback é mais do que positivo. Em nossa página, ano após ano, publicamos os testemunhos de uma experiência única. Saber Etiópia, colaborar, pessoal e diretamente, doar o material que transportar, correr a maratona de Etiópia 10 ou 20k em Awassa, e tratar ou formar jovens atletas sem recursos é uma intensa experiência. Destacar que há colaboradores que nos acompanham ano após ano a partir de 2015.

voluntarios runners for ethiopia

 

O que lhes diria a fisioterapeutas e os corredores para incentivá-los a colaborar?

Convidar toda a comunidade de fisioterapeutas e os corredores a colaborar por tudo o que compõe o projeto. A experiência tem que vivê-la uma vez na vida pelo menos. Poder tratar, treinar e estar ou participar na maratona de Etiópia única no mundo por suas características de altitude e cultura.

A colaboração não está fechada apenas para os corredores e fisioterapeutas, está aberta a todo aquele que pretende viajar, há trabalho para todos/as. Este ano 2017 e 2018 o curso é dividido em dois grupos: 4 dias, onde aplicar e formadores têm tempo para poder tratar intensamente, enquanto que os corredores se deslocam até Bekoji, berço do atletismo mundial, para doar o material solidário no centro de alto rendimento da cidade. O dia antes da maratona, o grupo volta a se reunir até terminar a viagem.

proyecto runners for ethiopia

 

Desde Fisiofocus vos damos a conhecer esta iniciativa e lhes parabéns pelo seu projeto!