Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Terapia Manual Ortopédica no ombro e joelho - 01/03/2018

fernando-rodilla-CROP.jpg

A terapia manual ortopédica ou TMO é a disciplina de fisioterapia manual encarregada de avaliar e tratar as disfunções músculo-esqueléticas do aparelho locomotor. Essa disciplina é amparada sob a WorldConfederation of PhysicalTherapy como especialidade curricular em fisioterapia.

A TMO não é só aplicar forças para as articulações. A TMO baseia-se na utilização da melhor evidência científica enquadrada dentro do enfoque biopsicossocial, conduzida por um raciocínio clínico crítico e decidido de comum acordo com o paciente.

Desta forma, a aplicação da terapia manual é realizada com base nas provas específicas / testes especiais com a melhor sensibilidade e especificidade de acordo com a anamnese detalhada do paciente. Com isso, o fisioterapeuta deve tomar as decisões mais acertadas para gerar uma hipótese diagnóstica.

A TMO oferece soluções específicas para cada tipo de tecido: mobilizações e manipulações das articulações e discos, técnicas neuromusculares para o tecido miofascial, e o emprego de exercício terapêutico para melhorar o controle motor e a propriocepção. A educação do paciente também é uma parte fundamental do plano de tratamento para capacitar o paciente de sua condição, além de modular possíveis bandeiras amarelas.

A TMO orientada para o joelho e o ombro está orientada para o fisioterapeuta que quer oferecer tratamentos manuais altamente especializados a pacientes com patologia ortopédica.

No caso de TMO do joelho, empregamos "cluster" ou bateria de provas orientadas para a disfunção do tecido para testar. De acordo com os resultados obtidos, a terapia é aplicada orientada para a melhoria das propriedades mecânicas e fisiológicas do tecido. Como exemplo, quando um cluster de testes dá positivo para partes moles, o tratamento irá melhorar a biomecânica e a fisiologia de ligamentos e cápsula, via massagem transverso, massagem de fricção, punção de pontos "tender", contracções rítmicas de baixa e média da amplitude ou propriocepção.

No caso de o PERÍODO de ombro , continuaremos com os mesmos parâmetros. Por exemplo, quando o cluster de testes orientados para a estabilidade do manguito rotador, e é positivo para fora, estes músculos, realizaremos manobras de recentraje da articulação glenohumeral para orientar a glena; desativação dos possíveis pontos gatilho miofasciales do ventre muscular; exercício concêntrico de baixa intensidade e alongamentos excêntricos se o estado do tendão é o adequado; além de melhorar a mecanosensibilidad do nervo supraescapular através de deslizamentos neurais.

Vemos, pois, que a TMO é uma disciplina segura, eficaz e evidenciada. O fisioterapeuta manual pode oferecer, assim, diagnósticos e tratamentos de pacientes com patologias e disfunções músculo-esqueléticas.

 

Referências:

  • www.wcpt.com
  • www.ifomt.org
  • Begovic, Haris; Zhou, Guang-Quan; Schuster, Snjezana. The neuromotor effects of transversefrictionmassage // Manual Therapy, 26 (2016) 70-76.
  • Fredericson, M, Yoon, K. Physicalexamination and patellofemoralpainsyndrome. Am J PhysMedRehabil 2006; 85: 234-243.
  • Jayaseelan, D. J., Kecman, M., Alcorn, D., & Sault, J. (2017). Manual therapy and eccentricexercise in themanagement of Achillestendinopathy. Journal of Manual and ManipulativeTherapy, 25 (2).

 

Fernando Ruiz Lotero