Cursos presenciais Workshop Fisiofocus TV Blog Contacto

Como funciona a fisioterapia nos distúrbios do equilíbrio - 06/02/2020

trastornos-vertiginosos.jpg

Quase todos nós experimentamos alguma vez um pequeno "enjôo", uma sensação breve que pode ocorrer em algum momento de fraqueza, alterações da pressão arterial, entre outros motivos. No entanto, para outras pessoas, esta trabalheira é repetida ou continuada, em tais casos, pode ter relação com um distúrbio do equilíbrio ou síndromes vestibulares e deve ser estudado por um profissional.

Como contribui para a fisioterapia nesses casos?

Embora seja pouco conhecida, a fisioterapia vestibular é eficaz na hora de tratar um paciente com sintomas vertiginosos. Este ramo da fisioterapia agrupa um conjunto de exercícios e técnicas que contribuem para melhorar a estabilidade e sensações negativas para o paciente.

O trabalho do fisioterapeuta, nesses casos, consiste em avaliar e preparar um tratamento personalizado ao paciente em função de equilibración, a postura e as alterações do tônus postural.

Como começam a esses casos?

O "tontura" (como é chamado coloquialmente) pode compreender uma série de sensações de vertigem, instabilidade, sensação de desmaio, sensação de peso na cabeça, visão turva, etc.

Os principais sintomas de um distúrbio do equilíbrio são:

  • Tonturas ou vertigens, sensação de que tudo dá voltas
  • Cair ou sensação de cair.
  • Instabilidade ou tambaleo ao caminhar.
  • Sensação de desvanecer ou desmaios.
  • Visão turva.
  • Confusão ou sensação de desorientação.

O que causa os distúrbios do equilíbrio?

Entre as principais causas dos problemas de equilíbrio se incluem os efeitos adversos de alguns medicamentos, infecções do ouvido, ferimentos na cabeça ou outras doenças relacionadas com o ouvido interno, onde se encontra o sentido do equilíbrio

O envelhecimento também está relacionado com o risco de ter problemas de equilíbrio, embora muitos destes transtornos começam de repente, às vezes sem uma causa definida.

Estes são alguns dos síndromes vestibulares mais comuns:

  • Laberintitis e Neurite vestibular
  • Síndrome de Meniere
  • Síndrome otolítico
  • Síndrome de Wallenberg.
  • Síndrome de Lindsa Hemenway
  • Neurinoma do acústico
  • Vertigem por ototoxicidad
  • A vertigem vasculares
  • Instabilidades