Cursos presenciais Fisiofocus TV Blog Contacto

Introdução à Fisioterapia nas Disfunções Temporomandibulares. Um modelo de intervenção em equipa interdisciplinar


curso-atm_speed.jpg
INSCREVER-ME

Programa

Esta formação tem reconhecimento científico e só pode ser realizada por fisioterapeutas e estudantes do 4º ano de fisioterapia.

______________________________________________________________________________


Treinamento realizado por dois professores
 
  • Disfunção Temporomandiular (DTM), um pouco de história
  • Equipa Multi e Interdisciplinar
  • Anatomia básica crânio-cervico-mandibular
  • Anatomia da articulação temporomandibular (ATM)
  • Biomecânica da ATM
  • Biomecânica na patologia intra-articular da ATM
  • DTM e Dor Orofacial, definições e conceitos
  • Nomenclatura relativa à Dentição e Olcusão
  • Exame subjetivo e objetivo do Médico Dentista
  • Goteiras oclusais
  • Ajustes oclusais - desgaste dentário seletivo (T-Scan)
  • Ortodoncia e DTM
  • Artrocentese e viscosuplementação
  • Exame Subjetivo e Objetivo do Fisioterapeuta
  • Imagiologia crânio-cervical
  • Terapia manual dirigida à articulação temporomandibular
  • Exercício terapêutico dirigido à ATM
  • Cirurgia Ortognática - tratamento conservador pré e pós-cirúrgico

Introdução

As disfunções temporomandibulares (DTM) en quanto diagnóstico clínico contam com masi de 80 anos de história, e desde o primeiro momento que este conjunto de disfunções començou a ser estudado, a intervenção de diferentes profissionais de saúde foi assumida como imperativa para o seu tratamento. 

Atualmente, são várias as professiões que detêm no seu corpo de saberes e ferramentas para atuar em pacientes com estas patologias, e o contributo alargado desses múltiplos profissionais é fundamental.

Na prática clínica, e segundo as "Guidelines" de entidades reconhecidas internacionalmente com as da AmericanAcademyofOrofacialPain (AAOP) e da Internacional Association for theStudyofPain (IASP), parece comum a defesa duma primeira linha de atuação baseada em tratamentos conservadores, entre os quais a Fisioterapia, bem como o uso de dispositivos oclusais e a auto-regulação física.

Esta formação surge precisamente no âmbito da mais correta colaboração multi e interdisciplinar, nomeadamente entre Fisioterapeutas e Médicos Dentistas, no sentido de potenciar a comunicação, objetivos comuns de tratamento e cooperação clínica por forma a providenciar ao paciente os melhores cuidados possíveis.

Objetivos

  • Aprendizagem de terminologia e linguagem técnica específica para facilitar a comunicação intra e inter-profissional
  • Conhecer vários tipos de abordagens diagnóstico e terapêuticas utilizada por diferentes profissionais, nomeadamente o Fisioterapeuta e Médico Dentista
  • Conhecer os métodos e técnicas de avaliação do fisioterapeuta
  • Conhecer métodos e técnicas de avaliação do médico dentista
  • Ter um primeiro contacto com algumas técnicas de tratamento de fisioterapia usadas nas disfunções mais comuns em pacientes com DTM
  • Iniciar um raciocínio clínico específico para um utente sujeito a intervenção multidisciplinar
  • Perceber quais as competências a desenvolver para permitir estabelecer objetivos comuns numa equipa interdisciplinar

Metodologia

  • O curso será ministrado usando o método expositivo, com recurso à apresentação de diapositivos em “powerpoint”
  • Haverá lugar à prática clínica simulada, recorrendo ao método demonstrativo, onde quer o médico dentista, quer o fisioterapeuta, demonstrarão técnicas diagnósticas e terapêuticas em formandos
  • Finalmente haverá também componente prática, onde os formandos poderão praticar algumas das técnicas ensinadas no curso, com acompanhamento e supervisão do formador

Credenciação

Professores


Júlio Fonseca

Médico Dentista. Licenciado em 2004 pelo Departamento de Medicina Dentária, Estomatologia e Cirurgia Maxilo-Facial da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC).
Pós-Graduado em Reabilitação Oral Protética pelo Departamento de Medician Dentária, Estmatologia e Cirugia Maxilo-Facia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
Mestre em Patologia Experimental pela FMUC com tese na área do Bruxismo.
Aluno do Doutoramento em Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
Assistente Convidado das Dsciplinas de Anatomia Dentária, Fisiologia do Aparelho Estomatognático e Reabilitação Oclusal do Mestrad oIntegrado em Medicina Dentária do DEMDCMF da FMUC até 2015.
Eleito pela Revista Saúde Oral como Figura do Ano 2013 em Portugal na área da Oclusão. 
Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial (SPDOF) entre 2014-2018.
Presidente da Sociedade Portuguesa de Difunção Tempormandibular e Dor Orofacia (SPDOF) entre 2018-2021.
Vice-Presidente da Seção do Sono da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial (SPDOF) desde 2014.
Membro Suplente do Conselho Deontológico da OMD.
Autor e Co-Autor de diversos artigos científicos/trabalhos publicados em revistas/congressos nacionais e internacionais.
Conferencista e Docente de Cursos nas áreas da Prostodontia, Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular.
Responsável pela consulta de Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular da OrisClinic (Coimbra) e Centro Visages (Viseu).


Tiago Oliveira

Fisioterapeuta, licenciado em 2002 pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra
Prática clínica exclusiva na área da disfunção temporomandibular e dor orofacial - Orisclinice Clínica da Foz
Sócio-fundador e atualmente Tesoureiro da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Coordenador do Curso Modular de Fisioterapia na Disfunção Temporomandibular, pela Oriseducare
Pós-graduação em Fisiopatologia do Sistema Músculo-esquelético Crânio-mandibular, Crânio-cervical e Dor Facial, com o Prof. Dr. Mariano Rocabado
Formação pós-graduada em diversas áreas de intervenção músculo-esquelética (Cyriax, Mulligan, Punção Seca…)
Co-coordenador do livro “Disfunções Temporomandibulares: Uma Abordagem Multidisciplinar”, o primeiro livro publicado pela Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Co-autor em capítulos dos 2º e 3º livros da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Orador em vários eventos científicos com temas relacionados com a disfunção temporomandibular
Presidente da atual Comissão Organizadora do Congresso Nacional de Fisioterapeutas

Datas, hora e local

DATAS
14 e 15 de Novembro de 2020
 
HORAS
Sábados e domingo das 9:00 às 13:00h e das 14:00 às 19:00
18 horas letivas

Como chegar

Hotel Beta Porto: Rua do Amial 601, 4200-062 Porto

Esta formação tem reconhecimento científico e só pode ser realizada por fisioterapeutas e estudantes do 4º ano de fisioterapia.

______________________________________________________________________________


Treinamento realizado por dois professores
 
  • Disfunção Temporomandiular (DTM), um pouco de história
  • Equipa Multi e Interdisciplinar
  • Anatomia básica crânio-cervico-mandibular
  • Anatomia da articulação temporomandibular (ATM)
  • Biomecânica da ATM
  • Biomecânica na patologia intra-articular da ATM
  • DTM e Dor Orofacial, definições e conceitos
  • Nomenclatura relativa à Dentição e Olcusão
  • Exame subjetivo e objetivo do Médico Dentista
  • Goteiras oclusais
  • Ajustes oclusais - desgaste dentário seletivo (T-Scan)
  • Ortodoncia e DTM
  • Artrocentese e viscosuplementação
  • Exame Subjetivo e Objetivo do Fisioterapeuta
  • Imagiologia crânio-cervical
  • Terapia manual dirigida à articulação temporomandibular
  • Exercício terapêutico dirigido à ATM
  • Cirurgia Ortognática - tratamento conservador pré e pós-cirúrgico

As disfunções temporomandibulares (DTM) en quanto diagnóstico clínico contam com masi de 80 anos de história, e desde o primeiro momento que este conjunto de disfunções començou a ser estudado, a intervenção de diferentes profissionais de saúde foi assumida como imperativa para o seu tratamento. 

Atualmente, são várias as professiões que detêm no seu corpo de saberes e ferramentas para atuar em pacientes com estas patologias, e o contributo alargado desses múltiplos profissionais é fundamental.

Na prática clínica, e segundo as "Guidelines" de entidades reconhecidas internacionalmente com as da AmericanAcademyofOrofacialPain (AAOP) e da Internacional Association for theStudyofPain (IASP), parece comum a defesa duma primeira linha de atuação baseada em tratamentos conservadores, entre os quais a Fisioterapia, bem como o uso de dispositivos oclusais e a auto-regulação física.

Esta formação surge precisamente no âmbito da mais correta colaboração multi e interdisciplinar, nomeadamente entre Fisioterapeutas e Médicos Dentistas, no sentido de potenciar a comunicação, objetivos comuns de tratamento e cooperação clínica por forma a providenciar ao paciente os melhores cuidados possíveis.

  • Aprendizagem de terminologia e linguagem técnica específica para facilitar a comunicação intra e inter-profissional
  • Conhecer vários tipos de abordagens diagnóstico e terapêuticas utilizada por diferentes profissionais, nomeadamente o Fisioterapeuta e Médico Dentista
  • Conhecer os métodos e técnicas de avaliação do fisioterapeuta
  • Conhecer métodos e técnicas de avaliação do médico dentista
  • Ter um primeiro contacto com algumas técnicas de tratamento de fisioterapia usadas nas disfunções mais comuns em pacientes com DTM
  • Iniciar um raciocínio clínico específico para um utente sujeito a intervenção multidisciplinar
  • Perceber quais as competências a desenvolver para permitir estabelecer objetivos comuns numa equipa interdisciplinar

  • O curso será ministrado usando o método expositivo, com recurso à apresentação de diapositivos em “powerpoint”
  • Haverá lugar à prática clínica simulada, recorrendo ao método demonstrativo, onde quer o médico dentista, quer o fisioterapeuta, demonstrarão técnicas diagnósticas e terapêuticas em formandos
  • Finalmente haverá também componente prática, onde os formandos poderão praticar algumas das técnicas ensinadas no curso, com acompanhamento e supervisão do formador


Júlio Fonseca

Médico Dentista. Licenciado em 2004 pelo Departamento de Medicina Dentária, Estomatologia e Cirurgia Maxilo-Facial da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC).
Pós-Graduado em Reabilitação Oral Protética pelo Departamento de Medician Dentária, Estmatologia e Cirugia Maxilo-Facia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
Mestre em Patologia Experimental pela FMUC com tese na área do Bruxismo.
Aluno do Doutoramento em Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
Assistente Convidado das Dsciplinas de Anatomia Dentária, Fisiologia do Aparelho Estomatognático e Reabilitação Oclusal do Mestrad oIntegrado em Medicina Dentária do DEMDCMF da FMUC até 2015.
Eleito pela Revista Saúde Oral como Figura do Ano 2013 em Portugal na área da Oclusão. 
Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial (SPDOF) entre 2014-2018.
Presidente da Sociedade Portuguesa de Difunção Tempormandibular e Dor Orofacia (SPDOF) entre 2018-2021.
Vice-Presidente da Seção do Sono da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial (SPDOF) desde 2014.
Membro Suplente do Conselho Deontológico da OMD.
Autor e Co-Autor de diversos artigos científicos/trabalhos publicados em revistas/congressos nacionais e internacionais.
Conferencista e Docente de Cursos nas áreas da Prostodontia, Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular.
Responsável pela consulta de Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular da OrisClinic (Coimbra) e Centro Visages (Viseu).


Tiago Oliveira

Fisioterapeuta, licenciado em 2002 pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra
Prática clínica exclusiva na área da disfunção temporomandibular e dor orofacial - Orisclinice Clínica da Foz
Sócio-fundador e atualmente Tesoureiro da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Coordenador do Curso Modular de Fisioterapia na Disfunção Temporomandibular, pela Oriseducare
Pós-graduação em Fisiopatologia do Sistema Músculo-esquelético Crânio-mandibular, Crânio-cervical e Dor Facial, com o Prof. Dr. Mariano Rocabado
Formação pós-graduada em diversas áreas de intervenção músculo-esquelética (Cyriax, Mulligan, Punção Seca…)
Co-coordenador do livro “Disfunções Temporomandibulares: Uma Abordagem Multidisciplinar”, o primeiro livro publicado pela Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Co-autor em capítulos dos 2º e 3º livros da Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial
Orador em vários eventos científicos com temas relacionados com a disfunção temporomandibular
Presidente da atual Comissão Organizadora do Congresso Nacional de Fisioterapeutas

DATAS
14 e 15 de Novembro de 2020
 
HORAS
Sábados e domingo das 9:00 às 13:00h e das 14:00 às 19:00
18 horas letivas

Hotel Beta Porto: Rua do Amial 601, 4200-062 Porto

Inscrição no curso

"Introdução à Fisioterapia nas Disfunções Temporomandibulares. Um modelo de intervenção em equipa interdisciplinar "


















Preço total 240€



Atenção: antes de finalizar o processo de registro, verifique se todas as suas informações estão corretas. Os dados fornecidos serão aqueles usados para entrar em contato com você e para fazer o diploma.

Partilhar este curso